in

TDAH: Entenda tudo sobre essa doença

TDAH: Entenda tudo sobre essa doença

O distúrbio diagnosticado em crianças conhecido como TDAH prejudicam a capacidade de aprendizagem e outras funções cognitivas. Um novo estudo descobriu que o distúrbio na infância pode ter relação com a obesidade na idade adulta, por isso regras são necessárias.

No estudo, muitos especialistas acompanharam por trinta e três anos crianças do sexo masculino com idade entre oito e nove anos. Ao final do estudo, os homens tinham 41 anos de idade. Os especialistas observaram que homens que sofriam de TDAH na infância apresentaram índices elevados de massa corporal, indicando a obesidade, e apenas 22% deles não tiveram TDAH na infância e estavam acima do peso.

Segundo eles, é possível concluir que a TDAH na infância pode realmente dobrar as chances de uma homem ter obesidade na fase adulta da vida. Eles levaram em conta variáveis como ansiedade, abuso de drogas e álcool, status socioeconômicos, depressão e transtorno mentais ao longo de suas vidas.

Até os dias atuais, pesquisadores não puderam encontrar a causa exata entre o TDAH e obesidade, mas a teoria é de que a relação entre ambos acontece devido à falta de auto controle. Portanto, se uma pessoa tem menos do que a quantidade média de autocontrole ela será menos capaz de resistir à tentação de comidas, principalmente em uma sociedade que é muito comum comer em restaurantes.

O TDAH atinge de 3% a 5% adultos e crianças em todo o mundo.  A medicação do TDAH pode ser iniciado logo cedo na criança, de forma a estimular uma produção maior de neurotransmissores no cérebro para melhorar a atenção. Mas é necessário fazer um diagnóstico preciso da doença, aliar ao tratamento com medicamentos, alguns hábitos diários e terapia, que juntos irão controlar a doença e evitar possíveis problemas que acompanharia durante toda a vida do paciente.

Por isso, estabeleça regras de modo simples e escreva em locais de fácil visão. Regras são importantes para melhorar a vida de quem possui TDAH, ainda mais crianças.

Não sabe o que a criança está sentido? Pois bem, comece dialogando. Conversar, orientar e explicar é entender as dificuldade da criança para ajudar no seu desenvolvimento social e acadêmico. Nas conversas, procure sempre abordar como a criança está se sentindo, o que ela precisa, o que está achando das coisas. Porém, é natural que ela dê todas as respostas necessárias, mas é possível estabelecer acordos.

Mesmo de forma gradual, ensine a criança a não interromper as suas atividades. A criança que sofre de TDAH tem dificuldade de completar tarefas quando envolve outros estímulos dentro do ambiente que ela está inserida, dificuldade então o seu foco. Por isso, estabeleça um período certo que não seja muito demorado, incluindo também alguns descanso entre uma atividade e outra.

Outro fato importante, é que crianças com TDAH podem descarregar a energia rapidamente. Por isso, procure sempre incluir momentos na rotina para recarregar toda essa bateria – um simples cochilo a tarde ajuda a criança a ter mais disposição. Tente sempre descobrir o que seu filho gosta mais de fazer.

Escrito por Roseane Gouvea

Saiba os 7 motivos para incluir a masturbação na sua vida

Saiba os 7 motivos para incluir a masturbação na sua vida

Saiba quais são as atitudes diárias para obter mais felicidade em 2019