in

Saiba quais são os mitos e as verdades sobre a Depilação Intima

Saiba quais são os mitos e as verdades sobre a Depilação Intima

No brasil, o assunto de depilação íntima é o que impera o gosto das mulheradas. A depilação se torna bastante comum por remover quase o total dos pelos na região íntima, sendo apenas preservado alguns finos pelos na região frontal ou mesmo a retirada total dos pelos que ganhou nome como depilação brasileiro. No entanto, algumas mulheres são contras e preferem um estilo de depilação natural, seja como uma depilação menor ou até mesmo aquela depilação que remove o mínimo de pelos. Os peles quando em excessos são relacionados à maior chance de infecções e presença de odores fortes e desagradáveis na região, mas será que realmente isso acontece? Veja a seguir, os mitos e verdades sobre a depilação íntima.

A higiene não está relacionado com a limpeza da área, e nem com a quantidade de pelos. Algumas pessoas podem ter uma higiene maravilhosa mesmo com os pelos. Independente qual seja a escolha da mulher, ela precisa tomar alguns cuidados necessários com a sua higiene, como uso de sabonetes íntimos.

Não depilar a região de forma adequada fica mais sujeita a odores, pois a depilação pode facilitar a higiene e automaticamente faz com que os odores diminuam. Isso se dá ao fato porque na base do pelo há glândulas que produzem gorduras e suor para que seja lubrificado a pele e, que se acumulado pode causar um odor desagradável. Muitas vezes o odor que é sentido pelo individuo é relacionado com uma infecção vaginal, por isso é recomendado caso sinta esse cheiro procurar um médico ginecologista para que ele possa fazer uma avaliação completa e tratar.

Muita gente pergunta se depilar faz com que aumente o prazer na relação sexual. E a resposta é que não, pois não existe nenhuma relação fisiológica entre a depilação e o ato sexual. O que chega a acontecer é que algumas pessoas se sentem mais à vontade com a área sem pelo, ou que tenha feito um acordo com o parceiro de ambos se depilarem para ajudar na excitação. No fundo, é uma questão muito pessoa com a área íntima, ficando a mercê da própria pessoa.

Outro ponto importante é que depilar demais pode causar inflamações. Mulheres que têm suas pele mais sensíveis e fazer depilação recorrente, principalmente com a cera, podem sim sofrer com a dificuldade do pele em furar a pele e deixa-lo crescer normalmente, gerando o tão famoso pelos encravados. Se a depilação for feita com lâmina os problemas mais comuns são as alergias. Vale ressaltar, que se os pelos ficarem encravados ou alergias aparecerem com muita frequência, é necessário procurar um médico dermatologista para um tratamento e orientação mais adequada, sendo que em alguns casos é indicado até a depilação definitiva a laser na virilha.

Outra vantagem de retirar parcialmente os pelos é porque eles protegem a vagina contra infecções. Como o nosso cabelo, os pelos, funcionam como uma defesa para o nosso organismo. Por isso, é importante dar um tempo na depilação e deixar a área vagina respirar.

Sushi Vegano

Sushi Vegano

Pílula anticoncepcional: quando ela é um risco para a nossa saúde?

Pílula anticoncepcional: quando ela é um risco para a nossa saúde?