in

Parto normal é mais seguro para os bebês prematuros e o bem-estar das mamães

Parto normal é mais seguro para os bebês prematuros e o bem-estar das mamães

Você sabia que os bebês muito prematuros nascidos através do parto normal apresentam um índice de menos complicações respiratórias? Isso é o que diz um estudo realizado nos EUA. A seguir, iremos disponibilizar mais informações sobre essa abordagem. Acompanhe!

Através dos estudos, muitos pesquisadores detectaram que, independente do motivo em que foi optado o parto cesariana, o parto normal é mais seguro. A suspeita é de que o trabalho de parto, os esmagamento natural e as contrações podem ajudar a limpar os pulmões dos bebês e, permitindo que eles tenham uma melhor status respiratório ao nascimento.

 Nesse estudo, foram analisado em média 20.321 prontuários de médicos de bebês nascidos em Nova Iorque. Todos eles tinham entre 24 e 33 semanas de gestação no momento do nascimento. Depois de analisar dados como raça, idade materna e outras condições importantes de saúde, os pesquisadores encontraram que 40% dos bebes nascidos através do parto cesariana apresentavam problemas respiratórios.

O parto normal para os bebês prematuros é a melhor opção. A passagem do bebê pelo canal vaginal é muito importante, pois ajuda a preparar o pulmão do pequeno para o ambiente externo.

Há alguns hábitos que favorecem o parto prematuro. Ter um bebê antes do previsto não envolve apenas o transtorno de correr para maternidade. Um parto prematura leva uma série de riscos para a saúde da criança e o bem-estar da mamãe. Em geral os partos que são prematuros estão relacionados a diversos fatores de riscos, principalmente o hábito de vida que a mãe conduz.

Alguns hábitos mais criticados em mulheres grávidas é o fumo. O fumo prejudica a circulação uteroplacentária que causa uma oxigenação muito pequena no feto. A diminuição de oxigênio que chega ao bebê faz com que o seu crescimento seja lento, o que gera uma gestação prematura, ou seja, a mãe entra em trabalho de parto antes da hora.

Futuras mamães que se alimentam de forma irregular na gestação podem colocar os seus bebes em risco. Principalmente, ao surgir casos de anemia durante a gravidez. Ao consumir poucos nutrientes a mulher prejudica a criança. Isso aumenta o risco de sofrimento fetal e morte de ambos.

O terrível estresse durante a gravidez só pioram o risco de trabalho de parto. E a culpa disso tudo está nos hormônios ativados e nas atenções que são direcionados diretamente para a mãe. E é nesses hábitos que o trabalho de parto pode iniciar antes da hora.

Por isso, na gestação faça atividades físicas, além de trazer inúmeros benefícios para a futuras mamães ainda ajuda a combater todo o estresse. Manter uma estrutura adequada ajuda na gravidez. Assim como ter uma boa flexibilidade, uma abertura óssea adequada e fazer fisioterapia pode trazer muitas vantagens para a vida dos bebês prematuros e para o bem-estar da mãe.

A sua saúde e o seu bem-estar é tão importante quanto o seu pequeno. Por isso, se a chegada for antes do imprevisto, tenha calma e sabedoria para o seu físico e psicológico.

Escrito por Roseane Gouvea

O que está por trás da Automutilação?

O que está por trás da Automutilação?

Saiba as frases que você deve tirar do seu dia a dia e substituí-las

Saiba as frases que você deve tirar do seu dia a dia e substituí-las