in

A dieta da proteína é saudável?

A dieta da proteína é saudável?

Atualmente as pessoas estão em busca de corpos perfeitos, mas para isso buscam dietas “milagrosas” e que prometem um rápido emagrecimento sem que a pessoa tenha que se esforçar muito. Um exemplo desse tipo de dieta que promete rápido emagrecimento é a dieta da proteína. Essa dieta se tornou muito comum entre as pessoas, proporcionar uma perda de peso rápida sem que a pessoa precise praticar exercícios físicos. A dieta da proteína é um ótimo exemplo de dieta radical, que embora possa proporciona um emagrecimento rápido, traz consigo muitos malefícios aos nossos organismos e ao nosso bem estar.

A preocupação dos médicos e nutricionistas em relação a essa dieta é em função das grandes restrições a grupos alimentares a qual o praticante deve ser submetido. Nessa dieta da proteína, a pessoa fica restrita em relação a diversos grupos alimentares que são essenciais ao funcionamento correto do nosso corpo. Além disso, é consenso entre os especialistas da área que a quantidade de gorduras ingeridas durante a dieta d proteína possa trazer prejuízos severos para o corpo.

Como funciona a dieta da proteína?

O funcionamento da dieta da proteína é mais um dos atrativos que tornam essa dieta tão popular. Diferente das dietas convencionais, não existe a necessidade de regular as quantidades ingeridas dos alimentos, desde que o alimento que será ingerido pertença ao grupo das proteínas. Na verdade, o principal fator de emagrecimento dessa dieta é a eliminação completa dos carboidratos da alimentação. Com a eliminação dos carboidratos da alimentação acontece o seguinte processo: como os carboidratos são a principal fonte de energia do nosso corpo, sua escassez obriga o organismo a queimar gorduras que estejam em excesso para suprir a necessidade energética. Parece realmente uma boa solução para alcançar o emagrecimento. O que não é levado em conta é que a falta dos carboidratos da alimentação pode gerar diversos efeitos colaterais no organismo da pessoa.

Ao mesmo tempo em que o carboidrato é retirado da dieta, as proteínas podem ser consumidas sem restrições, mesmo que sejam proteínas de origem anima e de alta concentração de gorduras saturadas como as carnes vermelhas, ovos, embutidos e leite.  Entretanto, uma das características da dieta da proteína que poucos desconhecem é que o consumo excessivo desse grupo alimentar pode gerar a ingestão de mais calorias do que o que era ingerido habitualmente, por isso o emagrecimento pode não ser significativo.

Afinal, fazer a dieta da proteína faz mal?

Como foi dito acima, esse tipo de dieta costuma gerar resultados rápidos, porém é necessária atenção, pois essas alterações na balança podem não significar perda de gordura, já que o corpo é exposto a falta de nutrientes e com isso ocorre perda de líquidos e de massa muscular.

O risco gerado pela dieta é as deficiências nutricionais gerados pela alimentação restrita, com isso é comum que sintomas como cansaço, baixa resistência. Indisposição, fraqueza e irritabilidade possam surgir nos praticantes da dieta, sendo que a dieta da proteína podendo ser amplamente maléficos a saúde no longo prazo.

Escrito por Roseane Gouvea

Porque o consumo de legumes e frutas melhora o bem estar?

Porque o consumo de legumes e frutas melhora o bem estar?

Porque eliminar o sal em excesso da alimentação melhora o bem estar

Porque eliminar o sal em excesso da alimentação melhora o bem estar