in

Bala de Coco

Bala de Coco
Bala de Coco

A Bala de Coco fresquinha na boca é uma delícia. A confecção dessa deliciosa receita exige bastante cuidado, atenção e paciência.

A origem dessa maravilhosa receita foi produzida na Idade Média, tendo como o ascendente o alfenim, receita que foi comparada. A bala de coco nasce de uma pasta de açúcar e água, modelada cuidadosamente. Para quem não gosta de comprar a sua versão industrializada é necessário saber que para produzir essa delicia é necessário ter bastante força nos braços para prepara-la e conseguir dar o ponto certo.

Foi no Brasil que foi adicionado leite de coco na iguaria, fruto que já era bastante consumido no Egito em meados do século VI. Nossos coqueirais vieram pelos portugueses no século XVI. O primeiro contato com o fruto foi na Índia. Em 1857, Gabriel Soares de Souza, cronista português, registrou a origem do coco e a facilidade das pessoas do Brasil que se adaptaram com o fruto.

Sorte a nossa, né? Combinando coco com açúcar, desenvolve-se mais uma receita maravilhosa para adoçar nosso dia a dia. Segundo uma lenda, dizem que ao comer uma bala de coco trazemos sorte e felicidade para a nossa vida.

Com tanta história e desejos para uma vida mais feliz, iremos disponibilizar uma receita super fácil de Bala de Coco. Acompanhe esse artigo!

Ingredientes:

· 1 kg de açúcar refinado

· 200 ml de leite de coco

· Mesma medida para a água

Modo de Preparo:

  1. A panela precisa ser de alumínio
  2. A pedra para a confecção da bala precisa ser de granito ou mármore. Se achar necessário pode colocar um saco de gelo em cima da pedra para que fica bem gelado.
  3. Coloque em uma panela o leite de coco, açúcar e agua. Dissolva o açúcar.
  4. Com um pincel molhado na água, limpe todos as bordas da panela, pois se ficarem cristais do açúcar a bala poderá açucarar demais.
  5. Leve ao fogo e não mexa mais. A calda vai começar a subir e em seguida reduz. Quando estiver borbulhando e amarelado, abaixe um pouco o fogo e comece a testar o ponto.
  6.  Com uma colher, tire um pouco a calda e jogue sobre uma xícara de café, com água ambiente, fazendo os motivos circulares. A calda irá começar a cair em fios. Pegue os fios com os dedos e comece a quebra-los. Ao quebrar como se fosse um vidro, a bala está no ponto.
  7. Vire no granito ou mármore untado com margarina (não use manteiga). É importante também que não raspe a panela, apena vire-a de cabeça para baixo e deixe escorrer, se não ela açucara.
  8. Quando as beiradas começarem a endurecer, comece a virar toda a massa, colocando sempre parte que se encontra mais fria. Quando ficar na temperatura igual da nossa mão estique várias vezes, até que fique bem branquinha.
  9. Corte com tesoura e deixe secar espalhadas em um ambiente frio. Assim que secar, coloque em uma vasilha tampado para amolecer.

Arroz à Grega

Bolo Inglês Integral