in

Você sabe o que é o espirro reverso?

Você sabe o que é o espirro reverso?

Antes que você entenda o que é o espirro reverso, é importante primeiro de tudo conhecer o mecanismo dos espirros comuns. O espirro em situações normais acontece quando o ar é expelido dos pulmões para fora do nariz. O espirro tem um papel importante na defesa do organismo, porque ele elimina algumas substancias como ácaros, pólens e poeiras que entram pela nossa narina.

O espirro reverso acontece pelo caminho totalmente oposto: que é durante a inspiração. No momento que o pet puxa o ar para dentro do seu pulmão, ele tem um espasmo involuntário na garganta e no céu da boca (que fica perto da garganta) e por isso, espirra para dentro. Tecnicamente esse ar não é um espirro, isso porque o ar é jogado para dentro da cavidade nasal e, por isso, gera um barulho chiado ou de ronco.

Durante o espirro reverso, a impressão que temos é de que o pet está engasgado com algo ou se asfixiando. Os episódios reverso são muito comuns em cães de pequeno porte e raças que têm focinhos achatados, porém, isso não é uma regra já que pode acontecer com qualquer animal.

Quem nunca presenciou um cachorro durante um espirro reverso pode achar que ele está engasgado ou tendo uma crise de traqueia, uma doença crônica que dificulta a respiração.

Porém, o caso não seja muito especifico, os sinais costumam ser corriqueiros na maioria dos animais. O cão fica estático, com o pescoço totalmente esticado, inspirando rapidamente de boca fechada e o olhos arregalados. O movimento forçado é porque gera um som chiado ou ronco alto. E por isso, que o espirro reverso tem duração de poucos minutos e não costuma interferir na respiração.

Quais são as causas do espirro reverso?

Existem várias causas para o espirro reverso. A condição pode acontecer de forma aleatória ou por diversos fatores. Entre elas estão a alergia, inalação de produtos irritantes, irritação da garganta e presença de parasitas. Nessas situações citadas, o espirro funciona como um mecanismo de proteção para retirar as secreções ou aliviar as irritações na garganta dos cães.

Qual o diagnóstico e tratamento para o espirro reverso?

O diagnóstico é feito somente pelo médico veterinário com exames físicos e análise do histórico do animal. A características que pode ajudar na diferenciação de outros problemas de saúde é quando o cachorro espirra e volta ao seu estado normal. Mas, de qualquer forma, levar ao médico veterinário ajuda a descobrir o motivo através de exames.

Quando o espirro reverso acontece com baixa frequência é considerado um padrão de normalidade. Exames adicionais são indicados apenas se os espirros são muito intensos, frequentes ou progressivos. Ou quando a crise é acompanhada a exercícios físicos ou desmaios.

Portanto, não existe nenhum tratamento especifico. Mas é importante ajudar o pet durante a crise fazendo uma massagem de leve em sua garganta, para cessar o espasmo ou dando pequenas batidinhas nas narinas com as mãos.

Já os espirros reversos com frequência alta ou intensa, os exames indicam o que está causando a crise. Por isso, não deixe de levar o seu animal de estimação em uma clínica veterinária!

Você sabe o que é a babesiose?

Você sabe o que é a babesiose?

Quer escolher uma fantasia para o seu cão Confira algumas dicas

Quer escolher uma fantasia para o seu cão? Confira algumas dicas