in

Alimentação natural: saiba tudo sobre esse benefício para a vida dos cães

Alimentação natural: saiba tudo sobre esse benefício para a vida dos cães

Cada vez mais, os tutores tem aderido à alimentação natural para os cães. Porém, ainda existem muitos mitos e desinformações sobre como funciona a comida natural.

A alimentação natural para cães nada mais é que uma dieta controla composta por ingredientes naturais e que são processados. Ou seja, não passam por processos industriais como é feito com as rações. No entanto, a alimentação natural contém altos níveis de nutrientes que o animal precisa para se manter saudávelno dia a dia.

Uma das maiores desinformações que acontecem entre os tutores é achar que a alimentação natural para os peludos é resto da comida. Não vale abrir a geladeira, e buscar o que está sobrando do jantar. A alimentação natural para cães também não é apenas só servir frango ou vegetais para os pets. E muito menos oferecer uma alimentação vegana.

Para que você possa entender melhor como é composta a alimentação natural para os cães é preciso falar um pouco da origem dos nossos amigos. Os cães são animais carnívoros, isto é, nasceram para comer carne. Seu organismo é apto para receber alimento com maior percentual de proteínas.

A alimentação natural para cães propõe uma dieta composta por equilíbrio entre proteínas, carboidratos, vitaminas, minerais, água e gorduras de boa qualidade.

É preciso que os tutores tenham muita atenção em questão da alimentação natural para cães, isto, ela deve ser feita sob orientação de um nutricionista veterinário e de acordo com a idade do animal, porte, nível de atividade e estilo de via. Assim, a dieta é modulada de acordo com a necessidade particular dele, levando em conta também sua genética ou doenças crônicas.

O tutor ainda pode escolher um tipo de alimentação natural que achar mais interessante.

É importante ressaltar que a alimentação natural não deve ser moda para a vida dos cães. Na verdade, as rações podem ser consideradas muito mais modismo que a comida natural.

A alimentação natural pode ser adaptada para todas as faixas etárias, castrados ou não e também para portadores de doenças crônicas. Algumas das enfermidades que apresentam respostas a mudança de dieta para cães são: alergias de pele, obesidade, diabetes, cardiopatias, câncer, doenças de trato intestinal, urinário, gastrite e obesidades.

Essas condições requer muito cuidado com o cardápio. O cão com doença renal crônica, por exemplo, devem receber uma dieta caseira com menor teor de proteínas e fósforo. Animais com alergia alimentar precisam fazer uma dieta de eliminação para identificar o pode estar causando esse quadro clinico.

Outra super vantagem da alimentação feita naturalmente é ser ajustada para aqueles cães que possuem doenças como cálculos urinários e alergia. Mas, para isso, é necessário uma consulta de um médico veterinário que irá formular um cardápio que atenda às necessidades.

Como devemos introduzir a alimentação natural na vida dos cães?

Primeiramente é necessário uma consulta em um especialista. A partir daí, o tutor e o veterinário irão conversar sobre a rotina do animal para que seja estipulada uma quantidade de calorias que serão consumidas todos os dias. No entanto, a rotina do pet não irá mudar muito.

Saiba o que é Cardiopatia Canina

Saiba o que é Cardiopatia Canina

Tumor em cães: tratamentos e sintomas

Tumor em cães: tratamentos e sintomas