in

Mais uma de Neymar: camisa 10 do PSG é suspenso pela UEFA por insulto à arbitragem

Brasileiro reclamou de penalidade que eliminou PSG da Champions League

O camisa 10 da Seleção Brasileira e do Paris Saint Germain se envolveu em mais uma confusão. Desta vez, Neymar Junior foi duramente suspenso pela União das Associações Europeias de Futebol (UEFA). Nesta sexta-feira (26), a entidade comunicou que o atacante levou um ganho de três partidas por conta de uma postagem contra a arbitragem em suas redes sociais.

“Isso é uma vergonha! Ainda colocam quatro caras que não entendem de futebol para ficar olhando lance em câmera lenta. Isso não existe! Como o cara vai colocar a mão de costas? Ah vá pra pqp!” postou o atacante em seu Instagram, após assistir ao joga da tribuna de honra do Estádio Parque dos Príncipes. Neymar está sem jogar por causa de uma lesão no quinto metatarso do pé direito

Neymar reclamava de um pênalti marcado pela arbitragem contra o PSG, no jogo de volta do clube francês contra o Manchester United, que venceu a partida por 3 a 1 justamente com a penalidade convertida nos acréscimos. O embate com a equipe inglesa valia pelas oitavas de final da Champions League.

Reação de Neymar ao pênalti marcado pela arbitragem

A punição imposta ao atacante do PSG é considerada a punição mais longa que um jogador pode receber pela UEFA. Segundo informou a entidade máxima do futebol europeu, o brasileiro levou o pesado gancho por ferir o artigo 15 do Código Disciplinar da entidade: atos de insulto contra o árbitro da partida.

Como o PSG e Neymar não disputarão mais nenhuma competição organizada pela UEFA, em 2019, sobrará para 2020 o cumprimento da punição. Assim sendo, o brasileiro ficará sem jogar pela Champions até a metade da fase de grupos, haja visto que é a única competição da UEFA que o clube francês disputará em 2020.

O pênalti que revoltou não somente Neymar, mas a imensa maioria da torcida do PSG, aconteceu exatamente aos 48 minutos do segundo tempo, já nos acréscimos. O United ganhava por 2 a 1 e o resultado dava a classificação aos franceses. Após um chute de Dalot, a bola desviou no braço de Kimpembe. O árbitro assinalou um pênalti após ser notificado pelo árbitro assistente de vídeo. O inglês Rashford cobrou e marcou, eliminando o PSG.

Escrito por Carlos

Lembra do bombeiro que furtou caminhão e partiu em direção ao Congresso? Ele acaba de ser condenado

Será que agora vai? Bolsonaro autoriza estudos para a privatização dos Correios