in

Sonhar com traição: o que isso realmente significa?

Desde os tempos mais antigos, muitos indivíduos se encantam com os sonhos. Os gregos, por exemplo, afirmavam que os sonhos eram as nossas almas que vagavam em outro universo. Os egípcios já acreditavam que essa mensagens eram dos Deuses. Para os xamãs, os sonhos pequenos refletiam o dia a dia e os grandes eram um portal de comunicação com o poder, natureza e nosso animal.

Hoje nós temos milhares de informações onde o sonho acontece. O sono REM é uma fase intensiva na atividade do cérebro, quando a recarga psicológica e os desejos da vida cotidiana são simbolizados por meios dos sonhos. Eles apresentam em um estimativa de 20% a 30% do tempo total do nosso sono e são essenciais para o equilíbrio psicofísico do nosso organismo.

Interpretando Sonhos

Sigmund Freud em 1900, publicou em seu livro “A Interpretação dos Sonhos” os sonhos com desejos e traumas presentes no inconsciente. Para Freud, os sonhos representavam um acesso totalmente direto ao inconsciente. Durante a interpretação na análise, ele chegou ao conteúdo latente – o que uma pessoa sonhada realmente deseja-, e dessa forma descobriu que as pessoas podem se ingressar na própria jornada de cura e autoconhecimento.

Para a Psicologia, representada pelo Carl Jung, os sonhos são também de uma mera importância para compreensão dos aspectos da psique humana. O conceito de inconsciente, difere para Jung e Freud. Para o pai da psicanálise, o inconsciente é formado apenas por conteúdos que são negados pela consciência, isto é, um depositário de conteúdos totalmente reprimidos. Já para Jung, o inconsciente é composto por nossa cultura e ancestralidade.

Apesar de Jung também buscar o significado do sonho, ele se preocupa com o seu propósito. Nesse sentindo então, podemos analisar que Jung busca por finalidade, enquanto Freud busca pela causa. Para ele, alguns sonhos podem até ser inconscientes atemporal por causa dos conteúdos passados, presentes e futuros.

Uma coisa que devemos admitir é que por mais caminhos diferentes eles sigam, os dois concordam é que sonho é nada mais que a linguagem do inconsciente.

A psicologia junguiana parte da teoria em que todos os elementos de um sonho são partes do inconsciente do próprio sonhado e, dessa maneira, ele traz símbolos como forma de linguagem. No entanto, decifrar esses símbolos auxiliam no entendimento da dinâmica e o processo de ampliação de consciência.

Um dos sonhos mais frequentes sonhados por vários pessoas é o relacionado com a traição, seja ela de amizade, familiar ou amorosa. Sonhos assim sempre são horríveis, todo mundo sabe. E muitos querem porque querem descobrir o seu significado. O caminho, seja ele para iluminar ou para acalmar, é sempre avaliar se estamos sendo sincero com as pessoas ao nosso redor e conosco, e, além disso, se estamos vivendo de forma certa com nossos princípios e valores.

Ter esse tipo de sonho também pode levar a baixa autoestima e sentimentos de que isso não os possuem. Os sonhos relevam os nossos maiores desejos e maiores medos. Por isso, o sonhador sente que devesse algo muito grande ao mundo ou que algo é tirado de você como forma de desculpa.

Escrito por Fabricio Pontes

Solidão: Saiba o que é e o que fazer ao se sentir sozinho

Solidão: Saiba o que é e o que fazer ao se sentir sozinho

Tensão no Pescoço: Veja 5 exercícios para aliviar essa terrível dor

Tensão no Pescoço: Veja 5 exercícios para aliviar essa terrível dor