in

Saiba os segredos para controlar a oleosidade da pele

Saiba os segredos para controlar a oleosidade da pele

Aqueles que convivem com a pele oleosa sabe como é difícil controlar o excesso de brilho. As rotinas de lavar o rosto várias vezes por dia, passar lencinhos umedecidos e produtos adstringentes são algumas medidas mais comuns.

Porém, qual deles realmente funciona? “É preciso prestar atenção no tipo de sabonete que você usa, na composição da maquiagem e até no seu corte de cabelo”, explica o dermatologista Ademir Jr.

A seguir, iremos explicar tudo o que você realmente precisa para proteger a pele contra o excesso de oleosidade e, ficar longe de cravos e espinhas. Acompanhe!

  1. Na hora do banho: O primeiro cuidados que devemos tomar é da temperatura da água. Perceba se água estiver muito quente, pois ela remove a oleosidade natural da sua pele, incentivando ainda mais o organismo a produzir mais sebo. Outro fator importante é a escolha do sabonete é fundamental: use produtos específicos para o rosto que não agridem a pele nessa região.
  2. Maquiagem: O pó é muito comum entre as mulheres que tem muita vergonha do brilho excessivo na pele, produzido pelas peles oleosas. Para usar o pó com frequência, é necessário limpar corretamente a pele, com uma espuma de limpeza, um loção adstringente e um sabonete. Se possível, busque sempre por produtos para pele oleoso, que não incentivam a produção de sebo.
  3. Lencinho umedecidos: Os lencinhos aliviam aquela sensação pegajosa, de sujeira, mas não resolvem a oleosidade. A ação é restrita ao alivio. Inclusive, pode acontecer um aumento da oleosidade, caso o lencinho contenha produtos que desgastem a pele. Por isso, prefira andar com pouco de loção adstringente e lenços de papel, eles são muito úteis quando não é possível lavar o rosto.
  4. Efeitos poluentes: A poluição facilitam muito a inflamação da pele, gerando problemas como a acne é a poluição. Por isso, é bom sempre lembrar, que o próprio óleo em excesso já apresenta propriedade, assim como os agentes poluentes. Juntando os dois, teremos mais inflamação cutânea.
  5. Franja no rosto: A oleosidade do couro cabelo e dos cabelos acaba prendendo a testa e ao rosto. O cabelo abafa a pele que acaba com uma certa dificuldade de respirar. Por isso, evite cortes que deixam o seu cabelo em contato com o rosto ou, se preferir, mantenha os fios presos.
  6. Proteção contra o sol: Use sempre protetores específicos para o rosto com pele oleoso, com FPS 30. Esses produtos geralmente vem em forma de gel, gel-creme ou fluidos.
  7. Mito do delicioso chocolate: A ciência ainda não comprova o mito do chocolate. Enquanto alguns estudos dizem que o consumo do chocolate não interfere no aumento da oleosidade, outros indicam que a quantidade de gordura desencadeia para o problema.
  8. Ar condicionado: O ar condicionado por ressecar o ambiente, ajuda de forma efetiva na desidratação da pele. Por isso, ocorre o aumento na produção de óleo para tentar reduzir a perda desta água.
  9. Antes de dormir: Depois que fizer uma limpeza para remover toda a maquiagem aplique uma loção para reduzir a oleosidade da sua pele. De manhã, retire todo o produto.

Saiba os cuidados com os fios loiros

Saiba os cuidados com os fios loiros

Saiba quais são os 7 erros que devem ser evitados pós Escova Progressiva

Saiba quais são os 7 erros que devem ser evitados pós Escova Progressiva