in

Cronograma Capilar

Cronograma Capilar

O cronograma capilar é uma rotina de tratamento que são baseadas em três técnicas: Hidratação, nutrição e reconstrução. A seguir, iremos disponibilizar mais informações sobre o Cronograma Capilar. Acompanhe!

Todos os dias, transformar toda a estrutura capilar faz parte do cotidiano de beleza. Essas mudanças se caracterizam em uma série de agressores aos fios, como: escovas, alisamentos, chapinha, secador, tinturas, excesso de produtos químicos e água fervente. Além disso, a exposição solar, vento e frio, danificam a estrutura capilar. Em longo prazo, o cabelo fica totalmente desidratado, seco, desnutrido e opaco.

Por isso, é importante uma avaliação do fio, tanto do cabelereiro quanto do dermatologista. Esses sem dúvidas, são os melhores profissionais para examinar a sequência que você deve fazer as etapas do cronograma.

Qualquer tipo de cabelo precisa passar por um cronograma capilar, até os fios virgens – aqueles fios que nunca passaram por nenhum tipo de procedimento químico. A poluição e excessividade de produtos acabam interferindo também na saúde dos cabelos.

Pessoas com cabelos oleosos, lisos, secos ou cacheados podem se beneficiar do cronograma capilar. Os cabelos lisos tendem a ser mais oleosos, por isso os produtos com óleos devem usados em uma pequena quantidade, enquanto os cacheados e ondulados tem uma dificuldade maior na hidratação e necessitam de produtos com mais óleos. Já os cabelos com químicas necessitam de produtos de reconstrução para repor a massa que foi perdida nos processos químicos.

Veja a seguir, as fases do cronograma capilar e suas especificidades:

  1. Hidratação: Essa etapa consiste no uso de ativos que repõem a água que é o fator importante do fio. Por isso, qualquer tipo de cabelo que for hidratado sempre, reconstrói a estrutura capilar. Os cabelos desidratados são sem brilho, opacos e embaraçam com mais facilidade.

A hidratação pode ser feita em casa a cada 15 dias, dependendo do quanto o seu cabelo estiver desidratado. Use máscara ou cremes que contenham extrato de vegetais, pantenol, lanolina, lecitina, glicerina, colágeno, óleo de rícino, óleo de jojoba, vitamina, aloe vera e sacarose.

  • Nutrição: Essa etapa repõe todas as gorduras que ao longo do tempo o cabelo foi perdendo em seu córtex, além de aumentar a lubrificação do cabelo, impedindo a perda desses componentes e de água. A nutrição pode ser feito em casa também, já que a nutrição e hidratação são processos quase iguais.
  • Reconstrução: A reconstrução repõe toda a massa capilar e fortalece os fios. Quando o cabelo começa a apresentar desgaste das estruturas dos fios, o cabelo começa ficar sem brilho, com pouca elasticidade, seco, áspero, poroso e com pontas duplas.

A reconstrução ao contrário do item 1 e 2, deve ser feita com um profissional, pois os cabelos podem ficar duros se usar produtos em quantidade excessiva e com substancias inadequadas para o tipo de cabelo. Vale ressaltar, que fazer o processo de reconstrução muitas vezes pode trazer problemas, portanto é preciso tomar cuidado.

Como saber qual o melhor cronograma para o meu cabelo?

Simples. O seu cabelo deve ser avaliado por algum profissional tricologista para entender quais são as necessidades dele. A avaliação inclui: análise da estrutura capilar, exame de imagem do couro cabelo e exames de sangue.

Corrija todos os efeitos colaterais da Escova Progressiva

Corrija todos os efeitos colaterais da Escova Progressiva

Depilação a laser: Indicações, como é feita e preços

Depilação a laser: Indicações, como é feita e preços